Bulimia 1

Nutrologia e Bulimia

Como a nutrologia pode te ajudar?

Bulimia é caracterizada por episódios descontroláveis de grande consumo de alimentos (principalmente os muito calóricos). Posteriormente, há o uso de laxativos ou diuréticos, indução à vômitos, prática exagerada de atividade física ou jejum, para evitar ganhar peso.

A Bulimia não é marcado por uma “magreza” excessiva, as pessoas podem ter corpos esculturais e seguirem dietas rigorosas e, mesmo assim, vivenciarem esse distúrbio. Seu diagnóstico não é tão simples quanto a anorexia, pois seus sintomas são menos evidentes.

Vale destacar que para se enquadrar como bulimia é preciso que se apresente dois episódios de descontrole por semana, além de indícios como uma preocupação excessiva com o peso.

O tratamento para a bulimia e a anorexia (artigo em nosso site) precisa contar com uma boa equipe de especialistas, desde psicólogos ou psiquiatras, até médicos nutrólogos.

Os tratamentos não são de ordem exclusivamente alimentar, mas também psicológica. Há vários estudos científicos que demonstram que há um elevado percentual de mulheres que realiza dieta, mesmo quando não estão acima do peso normal, hábito que tem se manifestado cada vez mais cedo, inclusive em pré-adolescentes e crianças. Há também estudos que verificam que, entre as mulheres que se acham gordas, somente um terço realmente tem o índice de massa corporal (IMC) condizente com sobrepeso ou obesidade. O lado importante e a boa notícia é que a nutrologia além de acompanhar o paciente em sua alimentação e ingestão de nutrientes, pode também recomendar remédios eficazes.

Agendar