Osteoporose 1

Osteoporose

Prevenção e tratamento através da nutrologia

Graças aos avanços e estudos da medicina a osteoporose já pode ser tratada. E ainda melhor, a osteoporose pode ser prevenida.

Ganhamos massa óssea até os 20 anos de idade e perdemos com maior velocidade depois dos 40. Para compreender melhor existem os osteoclastos e os osteoblastos que estão envolvidos no ciclo de renovação dos ossos.

Os osteoclastos: promovem a absorção de minerais, eliminando áreas de tecido ósseo e criando umas cavidades.

Os osteoblastos: são encarregados de preencher essas cavidades, produzindo novos ossos.

Quando a osteoporose se instala no organismo esse processo é interrompido

Por ser uma doença que deixa os ossos frágeis e perfurados, com o passar do tempo, a doença aumenta consideravelmente os riscos de fraturas, principalmente no quadril, na costela e no fêmur, onde uma simples queda poderá ser fatal e gerar sérios transtornos a sua saúde.

Especialmente nas mulheres, os casos de osteoporose podem iniciar mais cedo a partir dos 35 anos de idade. As mudanças hormonais que acompanham a menopausa interferem de forma decisiva na perda e ganho de massa óssea.

Ou seja, na vida adulta se não houver uma prevenção com alimentos que fortaleçam os ossos e impeçam o progresso da osteoporose, naturalmente a pessoa que já tem predisposição terá mais dificuldades em tratar a doença em uma idade mais avançada.

É possível prevenir e tratar a osteoporose com a Nutrologia?

Sim. Muito se fala que a ingestão de cálcio é importantíssima para a renovação óssea, por isso recomendamos que o leite e seus derivados façam parte da sua rotina alimentar.

Entretanto outros alimentos também possuem alto teor de cálcio, como brócolis e folhas verde-escuras, o nutriente é mais abundante em leite e derivados.

É preciso ter atenção também a forma que se adquire cálcio, pois a acidez do leite em excesso pode prejudicar o metabolismo e por isso, deve recorrer também a vegetais.

Também temos a vitamina D que ajuda na absorção de minerais e também não pode faltar a prática de exercícios, se possível diariamente para manutenção e ganho de massa.

Uma substância que não é muito falada mas ajuda muito também no combate a osteoporose é a “Oleuropeína”, encontrada no azeite. Ela aumenta a quantidade de osteoblastos, responsável por fabricar novos ossos.

Tratamento da osteoporose com a Nutrologia

A primeira tentativa de conter a perda de massa óssea é feita com o ajuste da dieta para que haja ingestão adequada de cálcio e vitamina D.

Se os alimentos não forem suficientes, indicam-se os suplementos tanto do mineral quanto da vitamina. Os remédios podem melhorar a resistência do osso ao impedir a degeneração e incentivar a reconstrução.

A osteoporose é silenciosa e não apresenta sintomas, por isso não deixe que fique tarde demais. Se você já passou dos 30 anos de idade faça uma avaliação e descubra como está sua saúde óssea, converse com uma Nutróloga e evite se tornar vítima da osteoporose.

Agendar